Walkabout (1971)

Walkabout Walkabout Walkabout Walkabout

Walkabout é um filme cult dos anos 70... Agora se isso não for o suficiente para colocar em estado de alerta o incauto zeronauta, como se houvesse a possibilidade da propagação de uma praga ou algo parecido. Não sabemos o que seria capaz.

Relançado em Blue-Ray e DVD, com grande alarde nos Estados Unidos, numa edição supostamente restaurada, que não é necessariamente definitiva ou reveladora. Afinal, Walkabout é cinema feito por hippies em 1971. Nem a mais moderna tecnologia do mundo conseguiria transformar esse filme em “alta definição”. É realmente difícil colocar coisas em foco quando se está chapado...

A história do filme é baseada numa tradição dos nativos australianos: ao completar 16 anos um aborígine é obrigado a passar um tempo sozinho no deserto vivendo somente do que a ‘terra’ tem a lhe oferecer. Esse ritual de passagem é chamado de ‘walkabout’.

Convenhamos essa é uma premissa altamente hipponga, prato cheio para aquele discurso ‘natureba’ da época. Mas não o suficiente para render um filme. Por isso entram em cena uma garota (Jenny Agutter), altamente fagocitável, e seu irmão menor (Luc Roeg, filho do diretor) que se juntam ao aborígine, após serem deixados a esmo no Outback australiano pelo pai, que sem nenhuma razão aparente comete suicídio na sequência. Contra-cultura é isso aí: contra lógica, a coerência e o bom senso.

Então, o trio irá vagar pela terra, sem rumo ou um objetivo em especial, como chamar as autoridades ou voltar para casa. Tipo não seria muito mais simples voltar pela estrada que os levou até o Outback australiano, ao invés de ir na direção contrária?

Enfim, decididamente não se fazem mais filmes como antigamente, e convenhamos existe uma boa razão para isso. Walkabout não é o que se pode chamar de politicamente correto. Animais são seriamente feridos nesse filme. Mas isso faz parte do espírito hipponga de “viver apenas do que a terra pode lhe oferecer”. Desta forma pode se concluir que os hippies daquela época eram menos bundões, que os vegetarianos de hoje. O que é máximo de contestação que esse filme tem a oferecer hoje em dia.

Saulo Gomes

(Walkabout, USA, 1971) Direção: Nicolas Roeg. Elenco: Jenny Agutter, Luc Roeg, David Gulpilil, John Meillon, Robert McDarra, Peter Carver, John Illingsworth. Duração: 100 min.

Voltar

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.