Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City

Raccoon City Raccoon City Raccoon City Raccoon City Raccoon City

Resident Evil é uma das franquias preferidas da Sony. O jogo foi lançado originalmente para o Playstation 1 em 1998. Resident Evil teve aproximadamente 7 continuações para os diversos consoles da Sony. Vários remakes, série de televisão, anime, filme e o que seja...

Então, por que em 2021 fazer, finalmente, um filme para tentar, de novo, explicar a história? Era realmente preciso? Sinceramente não. Explicação se dá para porteiro! E já era hora de abandonar a franquia e todos seus subgêneros. Mas obviamente isso não vai acontecer...

Primeiro: já tinham tentado explicar essa história várias vezes... Mas tanto o sucesso do jogo, que não envelheceu nada bem, como suas muitas continuações e desdobramentos. Não faziam muito sentido. Mas está todo mundo aqui: Leon, Claire, Chris, Valentine et al.

Segundo e mais importante: no filme a Umbrella Corporation, é, supostamente, a maior empresa farmacêutica do mundo. Farmacêutica! Não estamos no meio de uma infindável pandemia? Não seria mais fácil fazer um roteiro mais decente sobre isso, envolvendo ou não a Umbrella?

Mas enfim, esse é um filme vazio de significados e cheio de interesses financeiros, digo “product placements”... Cortesia, obviamente, da Sony. Nada é realmente explicado. Logo esperem por uma ou várias continuações...

Esse filme é passado no final dos anos 90, já que o jogo foi lançado originalmente em 1998. Por isso as esparsas músicas da trilha sonora são de bandas da época. Como pasmem: The Cardigans e 4 Non Blondes. Cortesia, outra vez, é claro, da Sony.

Isso é o que se pode chamar de “ambientação histórica”, em filmes baseados em videogames?

Como é passado nos anos 90, tudo nesse filme parece também exalar aquele cheiro de feito para televisão. Elenco, direção, roteiro, tudo enfim é medíocre. Ironicamente se fosse realmente feito para televisão, digamos pela NETFLIX talvez fosse melhor. Será?

Saulo Gomes

(Resident Evil Welcome to Raccoon City, EUA, 2021), Direção e Roteiro: Johannes Roberts, Elenco: Kaya Scodelario, Robbie Amell, Hannah John-Kamen, Tom Hopper, Avan Jogia, Donal Logue, Neal McDonough, Lily Gao, Chad Rook, Marina Mazepa, Nathan Dales, Josh Cruddas, Pat Thornton, Holly de Barros, Janet Porter, Lily Gail Reid, Duração: 107min.

Voltar