Cheap Games - o barato que sai barato mesmo 32

Laws Of Machine - O jogador faz o papel de um robô chamado DR12 (Domestic Robot) criado pela empresa Robotec. Mas o criador desses robôs, professor Sharpey, decide atualizar o firmware de uma nova versão de DR. Aparentemente, ele não assistiu a nenhum episódio de Westworld. O novo robô (DR13) enlouquece e foge. A missão do DR é encontrar o professor. É um jogo de plataforma com puzzles. Para chegar ao fim da fase é preciso ativar uma máquina de teleporte. Mas para isso é preciso pegar 100 volts em baterias para ativar o equipamento. São só 20 fases. Um robô não pode ferir um ser humano, mas jogar esse game pode...

North - É um walking simulator. Em tese pode ser uma crítica a situação dos refugiados. Ou quem sabe um jogo sobre família. Ou sobre um estranho em uma terra estranha. De qualquer forma, trata-se de um jogo ruminante. A gente mastiga, mastiga, mas não consegue engolir...

Neverend - Um roguelike feito com sérias restrições orçamentárias. Você um aventureiro que foi transportado para uma masmorra e agora tem de dar um jeito de sair de lá. Nada muito original. Aqui é Cheap Games, porra! O grande problema de Neverend é que o combate é bem ruim. A trilha sonora também é irritante, mas deve ter custado o preço de um pacote de bolacha recheada. E sim, tem para o Vita....

Tina's Toy Factory - Esse talvez seja o primeiro Match-3 da pobreza. Tudo denota falta de orçamento. Gráficos, trilha sonora, ausência de história. Enfim, Tina tem uma fábrica de brinquedos. A diferença é que ao combinar três peças iguais, eventualmente peças de brinquedos surgem. E essas peças precisam ser combinadas também. Depois, o brinquedo criado deve ser levado até a parte debaixo da tela. Não há limite de jogadas. Porém, é preciso terminar a tarefa no tempo estabelecido. Banal, repetitivo e sem graça. Sim, dá para platinar em duas horas (mas salvo se você foi o inventor da máquina do tempo, nunca mais vai ter esses minutos de volta).

Piecefall - É um Tetris em 3D. Como o preço é barato não vai deixar o seu orçamento em pedaços. Perceberam? Captaram?

Troubleshooter - Esse game foi criado pela Kod-Obur. Ela é uma desenvolvedora turca de games, o que significa que a Turquia ainda tem um longo caminho pela frente . Esse é um exemplar do gênero top down arcade shooter. Isso significa que você vai passar o jogo inteiro atirando contra hordas intermináveis de dinossauros. De tempos em tempos um meteoro despenca do céu. E se isso extinguiu os dinossauros também vai acabar com a sua paciência. É um game totalmente arcade, a ideia é simplesmente ver quem marca o maior placar.

Castle Pals – Kylee e Owen encontram o misterioso Castelo Pookapick no meio da noite. E já que não tinham nada de mais interessante para fazer resolvem explorar o local. Mas se isso não é uma boa ideia em game triple A, o que dirá em um Cheap Game. Cada um tem um estilo de jogo diferente. Kylee pula e usa golpes de boxe para abrir caminho. Já Owen tem uma espécie de jetpack e sai voando pelas fases evitando o combate direto. São quarenta fases. No gênero jogo de plataforma no estilo retrogamer é um daqueles exemplares que dá para o gasto. O jogo é distribuído pela Ratalaika Games, um verdadeiro sinônimo de platina fácil.

Pinball Arcade – O nome é meio redundante... Mas no geral não compromete... Vale o um dígito proposto se você gosta dessas coisas...

Iris.Fall – Lembra Contrast, aquele lance de usar sombras como plataformas e para solucionar puzzles. O que não é um bom sinal...

Bear With me – The Lost Robots – O nome é uma piada pronta. Então vamos evitá-la... Assim como, se possível, esse jogo... É um adventure, point and click de apenas quatro episódios. Estória engraçadinha e “noir”. E não, não temos paciência para isso. Se é que me entendem...

Saulo Gomes

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.