Cheap Games - o barato que sai barato mesmo 29

L.A. Cops – Esse seria, em tese, um blacksploitation game! O quê já seria uma péssima idéia. Com trilha sonora retro de funk dos anos 70 e coisas assim. O problema é: a polícia de Los Angeles é considerada uma das mais racistas dos Estados Unidos... Lembre-se que eles têm negros e latinos para serem racistas. A coisa toda fica meio fora do tom e gratuita. Menos o jogo...

Tales Of Zestiria – Existe um monte de jogos de “Tales”, disso e daquilo. Esse deve ser um dos menos relevantes. JRPG da gema. Só para iniciados...

Titanfall 2: Edição Ultimate – Japoneses adoram esse tipo de jogo de lutas com robôs... O resto do mundo pode continuar ausente...

Narcos: Rise Of The Cartels – Um shooter em primeira pessoa baseado na série da Netflix... Você pode escolher entre fazer parte do Cartel de Medellin ou se juntar ao DEA(Drug Enforcement Administration) no combate ao tráfico de drogas. O incauto zeronauta não vai nem titubear e escolher ficar ao lado de Pablo Escobar e defender a tia Clara. O jogo não é grande coisa, mas serve ao seu propósito. Como a cocaína brasileira...

Rise Of The Tomb Raider – Sério? Rise? Ascensão? Então alguém admite que ela caiu? Vejam bem, Tomb Raider saiu do fundo do poço para ir para uma seção de jogos baratos. Não é exatamente um progresso...

Gonner 2– É sempre estranho um “Cheap Game” chegar ao segundo exemplar. Especialmente sem melhorar em nada... Mas Gonner 2 taí para provar que é possível. Não é necessário, mas é possível.

Downwell - Taí um jogo que vai ladeira abaixo. O protagonista não tem nome. Mas sai correndo e se atira dentro de um poço. A partir daí, o game vai literalmente descendo o nível. Até chegar no, digamos assim, fundo do poço e enfrentar um chefão. São 13 estágios que são gerados proceduralmente.

Inksplosion - Aparentemente você é uma caneta que atira tinta para todos os lados. Pode até ser algo diferente, mas não faz muita diferença. Jogabilidade, música e gráficos dignos de um Cheap Games. É um daqueles momentos em que a gente pensa: foi pra isso que a humanidade evoluiu? Mas, verdade seja dita, é um jogo simples de platinar.

Jack N’ Jill - Jogo de plataforma com gráficos de Game Boy. Basicamente, existem dois personagens: Jack e Jill. Eles decidem subir uma colina em busca de água. Mas eles acabaram se separando. Se você jogar com Jack vai precisar encontrar Jill. Se escolher Jill vai atrás de Jack. Mas isso não muda nada. Afinal de contas, finais diferentes em um Cheap Games é pedir demais. O personagem corre, pula obstáculos, coleta moedas, enfim, segue todos os clichês do gênero. Jack N’ Jill DX foi desenvolvido pela Ratalaika Games. São 140 níveis em sete mundos. Ah, o jogo Jack N’ Jill foi originalmente lançado para smartphones! Precisa dizer mais alguma coisa?

Without Escape - Adventure no estilo point and click. Você volta para casa depois de um dia exaustivo. Seus pais viajaram para visitar seus avós. Só resta uma lasanha congelada. Mas nem tudo é ruim. Nesse fim de semana a casa é sua. Só que em vez de fazer uma festa com álcool e drogas, você acaba se envolvendo em uma trama apocalíptica. Dá para platinar em 30 minutos (olhando um tutorial no Youtube, é claro). Agora, se o personagem principal não pode escapar, você pode. Guarde seus trocados para outro Cheap Game.

Saulo Gomes

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.