Chutando Cachorro Morto: Grateful Dead


Tem coisas que um brasileiro nunca vai entender, por exemplo, por que um americano gosta de coisas como: Beisebol, Halloween e Grateful Dead. Sim, Grateful Dead. Uma banda de rock que não teve nenhum sucesso. Os caras não lançavam “singles”, conhecidos aqui como compactos. O que não faz sentido algum. Já que a indústria americana da música, sempre foi movida pela venda de compactos! Especialmente nos anos 50, 60, 70 e 80...

O problema é: os discos de estúdio da banda não eram grande coisa! E não vendiam quase nada em lugar algum... Então só restava fazerem longos e chatos shows ao vivo para ganhar uns trocados.

Shows esses recheados de “covers” de outras bandas e melhores artistas. Já que tecnicamente eles não tiveram nenhum “sucesso”. Sim, eles não tocavam no rádio ou apareciam frequentemente na televisão!

Eles podem ser vistos como uma banda alternativa? Talvez. Alternativa ao que? Ao bom senso?

Já os fãs, sic e sci-fi, da banda eram ou ainda são conhecidos como “deadheads!”, criaturas com sérios problemas... “Braindead” talvez fosse um nome mais adequado...

Eles eram hippies? Sim. Eles eram maconheiros? Sim. Mas a droga preferida da banda era o LSD.... O que talvez faça algum sentido... Ou não...

Diga-se de passagem, o “primeiro” vocalista da banda Ron"Pigpen"McKernan não gostava de LSD e bebeu até morrer em 1973. Essa informação é totalmente irrelevante, mas interprete como uma síntese da existência da banda!

Já o guitarrista, e ícone, Jerry Garcia morreu em 1995! A banda acabou? Não! E continuou fazendo shows chatos, regularmente, agora para neohippies ou neófitos de plantão.

Eles tiveram um “hit” no final dos anos 80, o álbum "Touch of Grey." Com vídeo na MTV e tudo mais. A ironia...

Da Equipe Articulistas

P.S. 1: Apesar do nome, Grateful Dead, e o fato de muitas das capas dos discos da banda possuírem caveiras e coisas do gênero... Grateful Dead não é em hipótese alguma uma banda de Heavy Metal! Não cometam esse erro!

P.S. 2: Eles gravaram um disco ao vivo com Bob Dylan em (1989) “Dylan & The Dead” nome sintomático... Talvez o pior disco ao vivo de Dylan. Sim, isso é um fato.

P.S.3: O guitarrista do Sonic Youth, Lee Ranaldo, é um grande fã. O que explica muita coisa...